Tag - treinamento

5 dicas para acelerar o aprendizado de sua equipe com uma plataforma de educação digital

ensino mobile

A plataforma de educação digital é uma ferramenta cada vez mais importante para a preparação das equipes. No varejo, em que a rotatividade dos colaboradores é elevada e o custo de treinamento também é alto (especialmente por causa da distância entre as lojas), um número cada vez maior de empresas tem investido em novos modelos de treinamento para que suas equipes possam lidar adequadamente com consumidores mais exigentes, que têm grande conhecimento sobre os produtos e serviços à venda.

Se sua empresa ainda não usa uma plataforma de educação digital para capacitar suas equipes, está ficando para trás.

Nos Estados Unidos, um estudo realizado pela Axonify e pela Ipsos mostra que 47% das equipes recebem treinamentos corporativos online ou híbridos (misturando o formato digital e o presencial), enquanto somente 15% tem apenas treinamentos presenciais. Isso significa que os treinamentos a distância não são uma tendência, e sim a realidade. Se sua empresa ainda não usa uma plataforma de educação digital para capacitar suas equipes, está ficando para trás.

O mesmo estudo mostra também que apenas 35% dos colaboradores do varejo acreditam que seus treinamentos atuais são “extremamente ou muito eficientes”.

Entre as principais causas dessa falta de eficiência dos cursos estão:

– treinamentos com uma dinâmica pouco interessante e/ou que não engaja o público;

– poucos treinamentos, com muito espaçamento entre eles;

– muita informação de uma vez, fazendo com que seja mais difícil absorver o conteúdo;

– falta de tempo de participar de todas as aulas e receber todo o conteúdo.

Ou seja: existe espaço para melhorar, basta dar atenção a alguns pontos.

 

Veja quais são os cinco atributos mais desejados pelos colaboradores que participam de treinamentos

Os cinco atributos mais desejados pelos colaboradores que participam de treinamentos para varejo são os seguintes:

1 – Cursos fáceis de entender e de completar: o modelo tradicional de ensino, com grande volume de informação transmitida de uma vez para o aluno, não é mais eficiente. Afinal, as pessoas, bombardeadas por estímulos, passam pouco tempo focadas em uma única ação. O público é multitarefa e, por isso, é preciso entregar o conteúdo em pílulas rápidas, fáceis de absorver.

2 – Cursos personalizados e relevantes: não adianta ensinar algo que não seja percebido como relevante. Em um mundo em que as pessoas estão acostumadas a receber informação de acordo com seus interesses, o ensino corporativo deve entregar conteúdos personalizados para cada aluno.

3 – Cursos divertidos e que engajem o aluno: o tempo de atenção de cada aluno é pequeno. Por isso, é preciso oferecer não somente cursos relevantes e personalizados, mas entregá-los de uma forma divertida e que estimule a interação. Quanto mais o conteúdo puder ser vivenciado pelo aluno, melhor. É o chamado Edutainment, metodologia que une as palavras education (educação) + entertainment (entretenimento).

4 – Cursos que tragam o conhecimento que eu preciso: o público é imediatista. Um conhecimento genérico ou que não seja percebido como importante naquele momento receberá, naturalmente, menos atenção. Para aumentar a efetividade dos treinamentos, é preciso apresentar para cada colaborador o conteúdo que ele precisa. Nada mais, nada menos.

5 – Cursos que possam ser aplicados ao dia a dia do trabalho: a prática sedimenta o conhecimento teórico adquirido. Por isso, é essencial que os cursos oferecidos ao colaborador possam ser aplicados o mais rapidamente possível no ambiente de trabalho. Ao aplicar na prática o que acabou de ver na teoria e perceber os bons resultados obtidos, o colaborador percebe a relevância do conteúdo, se engaja ainda mais e cria uma espiral positiva. Tudo isso gera resultados cada vez melhores.

Para aproveitar bem esses atributos mais desejados pelos colaboradores, procure contar com uma plataforma de conhecimento que contemple os seguintes pontos:

Tecnologia: cursos 100% mobile e online, permitindo que o aluno aprenda de qualquer lugar, a qualquer hora, com baixo consumo de dados e acesso mesmo em locais onde não há sinal de internet;

Interatividade: é essencial que os cursos estimulem a troca de ideias, conhecimento e experiências. Para isso, ferramentas como fóruns e grupos de discussão são imprescindíveis para acelerar o aprendizado de toda a equipe;

Conteúdo: cursos personalizados, com acesso exclusivo para seus colaboradores e conteúdo complementar em áudio e vídeo, para que a trilha de aprendizado de sua equipe tenha aplicação total ao dia a dia do negócio;

Metodologia: é preciso estimular o protagonismo, a curiosidade e a empatia do aluno. Vídeos curtos, com conteúdo estruturado e recursos audiovisuais, faz com que as aulas sejam leves e fáceis de serem assimiladas.

Conheça nossa plataforma de educação digital e como ela pode ajudar a treinar suas equipes. Solicite uma demonstração e veja como usar treinamentos online para aumentar a produtividade de seus colaboradores!

Siga-nos no Facebook, acompanhe nossas novidades e conheça mais sobre treinamentos para varejo!

Como o EAD pode aumentar a produtividade dos colaboradores no varejo?

EAD acelera distribuição de conhecimento, acompanha a agilidade do varejo e capacita equipes para satisfazer seus clientes

A Educação a Distância (EAD) vem crescendo em ritmo acelerado no País. Dados do último Censo da Educação Superior, por exemplo, mostram que o crescimento no número de matrículas em cursos EAD é 50% maior que o de cursos presenciais. Cerca de 17% dos 8,2 milhões de estudantes matriculados em cursos superiores no Brasil estão fazendo uma graduação a distância. Em pouco mais de dez anos, o número de estudantes subiu de 50 mil para mais de 1,3 milhão.

No mercado corporativo, os cursos EAD estão ganhando ainda mais força, já que essa modalidade de ensino é viável para empresas de todos os tamanhos e oferece grandes vantagens tanto para a empresa quanto para os colaboradores:

  • É mais prático: especialmente nas grandes cidades, em que o trânsito é um problema, cursos EAD permitem que alunos e tutores otimizem seu tempo;
  • É adaptável a cada aluno: plataformas online permitem a personalização do conteúdo do curso para cada aluno;
  • Acompanha o ritmo de desenvolvimento do aluno: não entendeu parte da aula e precisa rever o conteúdo? Basta dar um play na aula novamente. No ensino presencial, é preciso acompanhar um determinado ritmo dado pelo professor ou torcer para que ele explique novamente;
  • É mensurável: como medir o impacto de um treinamento presencial na mudança de comportamento de centenas de profissionais? Pelo EAD, a absorção do conteúdo pode ser verificada de forma mais efetiva do que pelos meios convencionais.

 

Com a chegada das novas gerações ao mercado de trabalho, é preciso mudar a forma de comunicação com os colaboradores. Trata-se de um público que busca interatividade e independência em tudo o que faz, valoriza o “faça você mesmo” e tem facilidade com o uso de tecnologia. Ferramentas EAD, especialmente baseadas nos smartphones (mobile first), atendem à demanda por interação e liberdade e aumentam ainda mais a praticidade na distribuição do ensino. Afinal, existem hoje 133 celulares para cada 100 brasileiros: o celular é companheiro inseparável no dia a dia e pode, por isso, ser uma ferramenta importante para treinar as equipes no seu deslocamento entre casa e trabalho, nos intervalos, ou seja, quando e onde ele quiser.

EAD não é a digitalização dos cursos presenciais

Um engano comum no início da expansão do EAD no Brasil foi a tentativa de usar uma nova tecnologia para ensinar da mesma forma. Treinamentos convencionais não funcionam no meio digital. Por isso, empresas líderes no setor utilizam princípios pedagógicos como a andragogia, o design instrucional e o edutainment (educação + entretenimento) para desenvolver conteúdos altamente engajadores, muitas vezes divididos em pílulas de conhecimento que podem ser absorvidas rapidamente pelos alunos e aproveitadas imediatamente em suas atividades.

Os melhores cursos EAD também aproveitam as funcionalidades dos celulares para entregar conteúdos mais ricos, multiplataforma, com áudio, vídeo, quizzes e games que aprofundam o conhecimento de uma forma mais interessante e eficaz.

Acelere a qualificação das equipes!

Projetos EAD são mais baratos e eficientes do que cursos presenciais, uma vez que é possível treinar grandes turmas simultaneamente (sem as limitações logísticas, de local e de transporte de um treinamento presencial) e é possível medir imediatamente o resultado do treinamento.

Além disso, em setores que atuam em alta velocidade, como o varejo, muitas vezes é preciso que um grande número de colaboradores, em várias localidades, receba a informação ao mesmo tempo (para um treinamento sobre um novo produto, por exemplo). O EAD reduz muito os custos desse tipo de ação e amplia sua eficiência. O resultado se sente no bolso, com a economia na capacitação, o aumento das vendas e da satisfação dos clientes.

Você quer melhorar a produtividade de suas equipes e aumentar as vendas? Conheça as soluções de educação digital da Évolus e capacite seus colaboradores. Fale com a gente!

Conheça 5 vantagens do treinamento à distância para as empresas

Interatividade, flexibilidade de horários e a possibilidade de estudar em qualquer lugar estão entre os destaques dessa modalidade de ensino, que ganha cada vez mais adeptos

 

De acordo com a pesquisa Panorama do Treinamento no Brasil 2016, realizada pela Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD), as empresas têm planos de qualificar seus colaboradores, para ter times cada vez mais engajados e competitivos. Porém, fatores como rotatividade de funcionários, distância geográfica entre as equipes e morosidade na atualização de materiais físicos de apoio e metodologias têm sido uma pedra no sapato das áreas de treinamento.

Neste contexto, as ferramentas de ensino à distância têm se destacado como alternativa por sua eficiência e menor investimento, se comparado a um treinamento presencial. A seguir, relacionamos 5 vantagens desta modalidade de ensino. Confira!

  1. Acessibilidade: o aprendizado acontece em qualquer hora e lugar, conforme as possibilidades de estudo de cada aluno. Além disso, os gestores podem traçar planos com seus times de acordo com o ritmo de aprendizagem de cada um e o tempo disponível.
  2. Autoaprendizagem as metodologias utilizadas para ensino à distância estimulam o protagonismo, a curiosidade e a empatia do aluno. Com vídeos mais curtos e conteúdos mais objetivos, as técnicas ampliam o conteúdo e incentivam a pesquisa e a aplicação dos aprendizados no dia a dia.
  3. Interatividade: Com ferramentas online e acessíveis, o aluno pode manter seu aprendizado em dia, além de compartilhar ideias, dúvidas e experiências com tutores e outros colegas, utilizando fóruns, grupos específicos ou, até mesmo, participando de transmissões ao vivo.
  4. Gestão do aprendizado: Por meio de relatórios e dashboards, as empresas conseguem mensurar o progresso individual e/ou coletivo, além de avaliar a absorção do conteúdo e analisar o comprometimento de cada colaborador.
  5. Otimização de custos: Empresas que têm seus funcionários espalhados em áreas geograficamente distintas sabem que os custos com logística geralmente pesam muito. Portanto, capacitar suas equipes por meio de uma plataforma online mostra-se uma excelente opção, pois garante que os conteúdos estejam disponíveis em um único ambiente virtual, que pode ser acessado por vários colaboradores ao mesmo tempo, de onde estiverem.

 

São tantas as vantagens deste tipo de metodologia de ensino que não caberiam em apenas um artigo. Então, enquanto a gente continua pesquisando para te dar mais informações sobre o assunto, clique aqui e conheça um pouco mais sobre a Évolus, uma plataforma de conhecimento, carreira e capacitação digital que contribui para uma melhor qualificação dos profissionais para o mercado de trabalho.